A Verdadeira História: At The Devil’s Door

0 142

Muita gente aí talvez não saiba, mas o último filme de Nicholas McCarthy, At The Devil’s Door é supostamente baseado em uma história real envolvendo um pacto com o demônio e durante uma entrevista para o EW o diretor contou um pouco sobre ela.

“Quando eu estava no Festival de Sundance, um táxi me pegou para me levar de volta para o apartamento em que eu estava hospedado. O taxista era um cara chileno e ele me perguntou o que eu estava fazendo lá. Eu disse, estou aqui para este filme chamado Pesadelos Do Passado (The Pact). Ele me perguntou: “É sobre um pacto com o diabo? Eu fiz um pacto com o diabo.” Então eu disse, a este completo estranho: “Me fale sobre isso!

Ele começou a me contar essa história sobre quando ele era um adolescente, no Chile. Seus amigos sabiam desse feiticeiro para quem você poderia vender a sua alma e seus amigos o desafiaram a fazer isso. Para mostrar a seus amigos que era destemido, ele foi até esse feiticeiro e ele realizou todo este ritual estranho. No final do ritual, o feiticeiro lhe disse: “Agora me diga o seu nome.” Neste ponto, o cara estava começando a ficar nervoso. Todo o seu ateísmo estava sendo posto em dúvida. Então ele perguntou: “Por quê? Por que você quer saber o meu nome?” E o feiticeiro disse: “Para que ele saiba seu nome quando chamar por você.” Então o cara disse-lhe o seu nome: Enrique. E ele afirma que ele foi para casa e naquela noite ele estava sentado em sua cozinha e ouviu do andar de cima esta voz chamando, “Enrique!” E ele foi lá em cima e não havia ninguém lá.

Portanto, este motorista de táxi me contou esta história, e neste momento eu estou sentado em seu táxi, parado na frente do meu condomínio em Park City. E eu lhe perguntei: “Então, o que aconteceu?” Ele respondeu: “Eu me apaixonei por essa garota que vive em Park City e agora eu sou um motorista de táxi aqui. Nada aconteceu.” Mas eu nunca tinha ouvido nada como isso e fiquei com isso na cabeça. Alguns meses mais tarde, quando eu fui até esta cabana para escrever, eu levei essa história e isso, combinado com esta outra história sobre irmãs, que vieram de Psicose. Eu queria ver o que aconteceria se essas duas coisas se juntassem com um objetivo de inquietar e perturbar a platéia. Então esso realmente foi a origem do filme.

Bem, o final da história do taxista chileno não chega nem perto do final de At The Devil’s Door, mas não deixa de ser uma história interessante. Além disso, a gente não sabe o que aconteceu com ele depois disso, né? Pelo o que parece, o chileno ainda está na fase de ganhar tudo o que “pediu” e a gente sabe como essas coisas funcionam, né não? Será que um dia Ele não vai aparecer para cobrar a dívida?

E você, teria coragem de vender a sua alma para provar sua bravura? Eu boto maior força. Vai que seu relato vira um filme.

Você também pode se interessar Mais do autor