Os 10 Piores Filmes De Terror De 2014 | Dr. Terror

14 120

Como de praxe, chegou a hora de apontar quais os filmes que na minha opinião foram os piores do ano e aqui estão eles. Geralmente essa lista sai bem mais cedo, mas infelizmente com as alterações no site, as coisa se complicaram um pouco e acabei atrasando.

Porém o mais engraçado de tudo, é que depois de ver a lista dos piores na escolha do público, fica claro pra mim que a maioria das pessoas não assiste nem 10% dos filmes dos quais falamos no site, pois como vocês verão abaixo, apenas um dos filmes desta lista está na lista feita pelos leitores e eu não consigo conceber que nenhum daquela lista seja pior do que estes. Então… vamos a eles.

leprechaun origins10. Leprechaun: Origins

O filme até que não é tecnicamente ruim e dado o baixo orçamento, podemos dizer que Zack Lipovsky, fez um bom trabalho com o que tinha em mãos. Mas a idéia em si para o reboot de uma franquia (em tese) consagrada e com um grande número de fãs foi absurdamente ridícula. Os caras simplesmente conseguiram assassinar um dos personagens mais icônicos do gênero e nos entregar as mortes mais sem criatividade da floresta. São vários os momentos em que percebe-se nitidamente o esforço de Lipovsky de esconder o baixo nível da produção, quando talvez o mais acertado fosse abraçar isso e não tentar fazer o filme ser levado tão a sério quanto se propôs. O resultado ficou uma droga!

“Leprechaun: Origins conta sobre dois jovens casais de mochileiros que, enquanto atravessam o interior da Irlanda, descobrem rapidamente que a terra idílica não é o que parece ser, quando os moradores de uma cidade oferecem aos viajantes uma velha cabana nos limites da floresta. Logo, os amigos vão descobrir que uma das lendas mais famosas da Irlanda é uma realidade aterradora.“

cam2cam9. Cam2Cam

Geralmente eu sou bem benevolente com filmes independentes, mas alguns abusam da minha paciência e Cam2Cam foi um deles. O filme parte da cada vez mais recorrente premissa do website assassino e a idéia por trás disso tudo é até bem interessante, mas a narrativa aqui é tão incoerente que é praticamente impossível manter o interesse na história. Além disso o filme parece sofrer de um sério distúrbio de personalidade. Misturando aspectos de um thriller psicossexual (odeio esse termo!) com slasher, Cam2Cam fica perdido num limbo e não consegue ser eficaz como nenhum dos dois. Triste, mas…

”Uma jovem mochileira americana, Allie (Tammin Sursok), cai nas mãos de um misterioso grupo de expatriados que vivem em Bangkok e que atuam em um site interativo provocante chamado ‘Cam2Cam’. O fascínio sedutor da cidade, juntamente com o estranho magnetismo sexual do líder do grupo, Marit, vira o mundo de Allie de cabeça para baixo. Numa cidade onde os estrangeiros vêm para se reinventar, Allie descobre, tarde demais, que nada é o que parece.”

wrong turn 68. Wrong Turn 6: Last Resort

Se eu te disser que o filme é bom, eu vou estar mentindo. Não é. É bem ruim. Mas talvez por ser uma pessoa que assista a praticamente tudo, eu confesso que não o achei tão ruim a ponto de considerá-lo o pior do ano. Mas ainda assim merece entrar nessa lista. Por incrível que pareça, embora a trama não tenha sido tão ridícula quanto a do quinto filme, a maquiagem conseguiu ficar ainda pior e do meio pra frente as péssimas e caricatas atuações começaram a pesar contra o filme. Terminar de assistir foi um suplício.

“Uma repentina e misteriosa herança leva Danny e seus amigos a Hobb Springs, um resort abandonado em West Virginia. Hobb Springs esteve sob os cuidados de Jacksonn e Sally, um casal estranho que apresenta a Danny a sua família que, até então, ele não conhecia. Porém, um momento ele acabará tendo que escolher entre seus amigos e a sua linhagem.”

voodoo possession 20147. Possuídos (Voodoo Possession)

O problema quando um ator se torna cult, é que em um determinado ponto ele começa a fazer qualquer coisa. E Voodoo Possession deixa bem claro que esse é o caso de Danny Trejo. A premissa até parecia interessante. Poxa! Com Danny Trejo e a sombria magia negra vudú em um filme de possessão, o que poderia dar errado? Eu te digo… Tudo. A trama é vergonhosamente insossa, os possuídos parecem sofrer de epilepsia, o roteiro parece ter sido inventado conforme o filme ia sendo filmado… Uma desgraça!

“Quando um homem decide procurar seu irmão desaparecido em um asilo para loucos no Haiti, ele descobre que todos os pacientes são possuídos por um espírito vodú maligno sedento de sacrifícios de sangue.”

the borderlands6. The Borderlands

Esta lista não seria minha lista se não tivéssemos alguns found footages e aqui está o primeiro deles. Sabe aquele filme que muita coisa parece estar acontecendo e de repente você se toca que na verdade não aconteceu nada. Então… Assim é The Borderlands, que dependendo do seu espírito esportivo, pode até ser descrito como um primo pobre de Assim Na Terra Como No Inferno, com a diferença de que o segundo, pelo menos, nos joga na ação logo no começo do filme. Este aqui não. Ele enrola, enrola, enrola e aí faltando 10 minutos pra acabar ele te joga nas catacumbas de um igreja e acaba. Não se enganem.. este filme vai ser lançado em breve em DVD e Blu-Ray com outro nome… The Final não sei o que lá.

“O filme conta a historia de uma equipe de investigadores do Vaticano, enviada ao interior da Inglaterra para investigar relatos de atividade paranormal em uma igreja distante.”

armistice5. Armistice

Pra não pegar tão pesado com Armistice, eu escolhi acreditar que não entendi qual é a do filme, mas me sinto na obrigação de lhes dizer isso. Ô filme chato da porra! Um cara acorda todo dia preso em uma casa da qual não consegue sair e umas criaturas aparecem pra atacá-lo, nesse meio tempo ele descobre o diário de um outro maluco e fica lendo tentando achar uma pista de como sairá daquela situação. O filme tem a sua mensagem, mas infelizmente é um exercício de paciência do começo ao fim.

“No papel do fuzileiro real, A.J. Budd, Joseph Morgan estrela este brutal thriller psicológico e sobrenatural, no qual se encontra preso em um armazém. Preso, ele é forçado a lutar por sua vida contra criaturas grotescas. Ele tem que matar todos os dias ou morrer sozinho. Seu único vislumbre de esperança vem na forma de um diário, deixado por um ex-ocupante da casa, o tenente da Primeira Guerra Mundial Edward Sterling, interpretado por Matt Ryan.”

sharknado 24. Sharknado 2: A Segunda Onda

Só mesmo o SyFy pra fazer uma porcaria como Sharknado e ainda ter a coragem de fazer uma sequência. Justiça seja feita, mesmo tendo plena consciência que o primeiro filme fez sucesso pelos motivos errados, pelo menos o absurdo de algumas cenas conseguiram extrair de mim algumas gargalhadas. Mas neste segundo nem isso conseguiu. O filme é simplesmente ridículo. Mais personagens foram adicionados e com cinco minutos de filme eu já queria que todos estivessem mortos de tão insuportáveis. Só de saber que o terceiro está vindo aí já tá me dando coceira.

“Em Sharknado 2: The Second One, um sistema meteorológico insano vira sua fúria mortal contra Nova York, desencadeando um Sharknado sobre a população e as suas icônicas e queridas localidades – e somente Fin e April podem salvar a Big Apple.”

the day of the mummy3. The Day Of The Mummy

Que fim de carreira, hein Danny Glover?! Não bastasse ser um filme chato, The Day Of The Mummy é mal atuado, clichézudo e tem uma história ridícula. Um milionário contrata um especialista em qualquer coisa lá para acompanhar uma expedição em busca da Pedra Codex e o filme é praticamente todo contado através de uma câmera escondida no óculos do desgraçado. Enquanto isso, Danny Glover aparece aleatoriamente no canto da sua tela, em um tipo de PIP a lá Google Glasses, com comentários impertinentes e exigências absurdas enquanto o maluco vai entrando dentro de uma série de túneis. Mas o resultado é uma das coisas mais enfadonhas de 2014, que eu só consegui ver este filme inteiro na terceira tentativa, porquê o filme é tão chato que eu simplesmente apaguei nas duas primeiras.

“Bem vindo ao Egito terra dos Faraós e lugar repleto de história e lendas; Deuses e guias espirituais, riqueza incalculável – E dos sangrentos e destruidores guardiões de seus tesouros. Jack Well chega ao Egito atrás de um famoso diamante, O Codex Stone sua viagem o leva até uma equipe de arqueologistas que exploram a recém descoberta tumba do amaldiçoado rei Neferu. Com seu sono secular perturbado pela ganância humana, o rei se levanta dos mortos com uma sede de sangue que não pode ser saciado e com uma fúria implacável que irá arrancar a carne dos ossos, trazendo uma morte terrível a todos que ousarem testemunhar o dia da múmia. Jack está para viver a experiência mais horrível de sua vida.”

the hunted 20142. The Hunted

Que filme ruim! The Hunted pode não ser o pior filme do ano, mas certamente é a maior perda de tempo da sua vida. Neste belo exemplo do porquê eu odeio tanto found-footages, uns caras vão caçar no meio da floresta e começam a ouvir uns gritos vindos do nada. Mais tarde aprendem sobre uma lenda sinistra, mas mesmo assim continuam indo lá caçar veado. O problema é que, fora os gritos escalafobéticos, nada de fato acontece até faltarem uns 5 minutos para o filme acabar. Aí morre todo mundo e do jeito mais mequetrefe possível. É sério! Ruim demais! O filme prometeu fazer com a floresta o que Tubarão fez com os mares e de certa forma é verdade. Eu fiquei tão traumatizado com esse filme que vai levar um bom tempo pra conseguir assistir outro found footage com pessoas embrenhadas na floresta de novo. Tipo assim… tá com raiva de alguém? Sugira The Hunted.

“Em uma tentativa de conseguir o seu próprio programa de TV, Jake (Josh Stewart) e Stevie (Ronnie Gene Blevins) se embrenham nas densas e isoladas montanhas de West Virginia. Equipados apenas com um arco e câmeras, eles têm três dias para matar um monstro grande o suficiente para capturar a atenção de uma rede de TV. Assim que encontram o animal gigantesco, eles se prontificam em atacar rápido. Mas à medida que o sol se põe, eles percebem que não estão sozinhos. Uma força sobrenatural parece estar à espreita na floresta… e agora são eles os únicos que estão sendo caçados.”

seed 21. Seed 2

Quem acompanha o Terrorama a mais tempo já sabe que eu sempre falei que Seed 2 era a sequência que ninguém tinha pedido, mas que o tarado do Uwe Boll ia nos empurrar mesmo assim. Dito e feito. O filme é horrendo. O elenco até que segura as pontas, mas a história, os efeitos, as mortes horrendas… Nossa! Horrível. Depois de ver Seed 2, eu honestamente não entendo como os leitores conseguiram montar uma lista com filmes como Annabelle ou Atividade Paranormal: Marcados Pelo Mal. Estes filmes são obras primas perto disso aqui. Definitivamente o pior dos piores de 2014 na minha opinião.

“A família mata unida… Voltando de sua despedida de solteira em Las Vegas, Christine (Natalie Scheetz) e seus amigos Olivia (Christa Campbell), Barbara (Sarah Hayden) e Claire (Annika Strauss) estão dirigindo através do deserto quente de Nevada. Mas eles não estão sozinhos … O serial killer Max Seed está de volta, e trouxe toda a família!”

Bem.. é isso! Aí estão as maiores porcarias do ano na minha opinião. O que acharam dessa lista?

 

Você também pode se interessar Mais do autor

  • Rafael Gatts

    Pior que no caso do The Hunted eu colocava uma fé pelo protagonista do Colecionador de Corpos.

  • Vitor Cassaniga Pereira

    Esse Leprechaun: Origins é realmente horrível! Um dos piores filmes que já assisti. Como foi dito, cria-se uma expectativa por conta do personagem ser um clássico dos filmes de terror, mas não levaram isso a sério. Uma pena.

  • Thaís Almeida

    Parei de ver filme de terror faz uns dois anos já que não conseguia dormir a noite, mas acho que um desses ai nem deve dar medo

  • Jorge Granner

    E, para falar a verdade, discordo da lista dos leitores. Marcados pelo Mal, para mim, foi o segundo melhor filme da franquia Atividade Paranormal, somente atrás do primeiro, que é uma obra prima do terror.

    • Na minha opinião também também, embora não considere Atividade paranormal uma obra prima, Marcados pelo Mal é um dos melhores da franquia.

  • Jorge Granner

    Lista perfeita! Nunca vi tanta bosta reunida. Não assisti e jamais assistiria a nenhum desses filmes, e só me resta parabenizá-lo pela paciência e profissionalismo de passar pelo suplício de testemunhá-los por completo e confirmar a nós, leitores fiéis do Terrorama, o que a sinopse e a concepção dessas “obras” já permite logo de cara antever.

    • Hehehehe. Valeu! É por isso que eu fico de cara quando, por exemplo, eu vejo alguém chamar um filme como ‘O Herdeiro Do Diabo’ de lixo. O filme é ruim? É, mas quem diz isso nunca viu um filme desses aí… E olha que esse ano eu tava de dieta e evitei muita coisa. Pq tinha coisa bem pior!

  • Maxx Seiler

    Caramba. eu adorei The Borderlands por justamente quando não acontece nada ele ainda é interessante. Muito por conta dos atores e do roteiro, com diálogos bem interessantes sobre misticismo vs. ceticismo.

    • Liga não. É assim mesmo. Listas são sempre muito subjetivas porque entra um pouco de gosto e aí vai de cada um. Valeu pela opinião.

  • Brendo Teixeira

    Bom, na minha humilde opinião, os dois primeiros deveriam
    ser Wrong Turn 6 e Seed 2 seguidamente, eis meu por que: 1º, Wrong Turn 6 de longe foi o pior de toda a saga que ficou uma completa bosta a partir do 4º
    filme. A saga ate então poderia ter uma salvação em termos de ordem cronológica, mas ao assistir o 6º, me toquei que eles não priorizam isso, a meu ver estão pegando o trio perfeito e usando em varias historias, onde esse é o primeiro ponto que deixou ele uma bosta. Segundo, a historia é a mais sem pé nem cabeça possível, verdadeiramente não entendi o porquê, ou como ela surgiu na cabeça do ou dos diretores, até por que sejamos realistas, receber informações de um lugar onde nunca se ouviu é de fato muito tosca. Terceiro, o atrito entre o personagens se tornou algo forçado em relação a se aturar, a protagonista com a vilã se tornou algo completamente insuportável, vê aquelas duas se cutucando direto foi um porri. Quarto, o filme seguiu uma linha cursiva demais, o tornando entediante, mesmo querendo mostrar a historia passada do rapaz, ou ter sentido, o filme se tornou entediante. Quinto, completamente sem pé nem cabeça o cara mudar sua forma de pensar ou agir após o ritual sinistrão ao meio do filme, mesmo drogado, ele poderia voltar ao normal e dar um fora dali. Sexto, a cena final, onde realmente este concentrado o terror… Poderia eu dizer, que o filme seria do gênero
    Terror/Drama já que ele o gênero original é mega adiado, se concentrando no ato final, onde se torna uma coisa sem emoção e sem sal, enfim, o filme é uma
    completa perda de tempo e de fato a pior parte da saga que vem sendo uma
    porcaria desde o terceiro filme…
    Em relação Seed 2, o filme é uma completa dor de cabeça, seguindo ordem cronológicas loucamente loucas, e deixando o filme super sem sentido sem contar que não tem nada haver com o primeiro… Creio eu, que alguém editou esse filme para ver em uma ordem cronológica, por que eu parei de ver com 30 minutos, pois na aguentei ver Meio, Inicio, Meio, Fim, Meio, Fim…

  • Ricardo Borges

    Bom, eu só vi leprechaum, e até que eu gostei, apesar do duende ser bem falso!!

    • Leprechaun, é um filme que até passa, mas está aqui muito mais pelo simples fato de ter assassinado um personagem icônico e posto no lugar um bem genérico. Assim como essa nova criatura era o Leprechaun, poderia ser qualquer coisa… o Chupacabras, o Zé Pilintra… você escolhe. Isso foi uma cagada sem tamanho por parte de quem concebeu o filme.

      • Ricardo Borges

        Concordo contigo, aquele leprechaun poderia ser qualquer coisa, eu espera uma aparecia de duende sabe! e tbm concordo dele ter assassinado o antigo. O duende antigo vc saberia dizer oq é apenas em ver sua aparência, esse novo não!

  • Felipe Nunes

    Bem melhor que a outra lista… Sério, colocarem Atividade Paranormal: Marcados pelo Mal foi sacanagem. Enfim, acho essa lista mais coerente que a anterior, esses filmes são realmente uma tragédia!