Cientistas Encontram Superbactéria Isolada No Subsolo Por 4 Milhões de Anos

0 231

Dos mesmos produtores de Pra Quê Mexer Com Quem Tá Quieto? e Esse Povo Não Vê Filmes de Terror?, cientistas encontraram uma superbactéria que permaneceu no subsolo, isolada do resto do mundo, por mais de 4 milhões de anos.

A descoberta aconteceu a mais de 330 metros de profundidade na caverna de Lechuguilla, no Novo México e – agora é a hora em que você fica preocupado – de acordo com os cientistas a nova superbactéria se mostrou resistente a 70% dos antibióticos conhecidos.

Entretanto, segundo a microbiologista Hazel Barton, não há motivos para alarmes pois a tal superbactéria pode nos ser muito útil, já que as bactérias conhecidas estão se tornando cada vez mais resistentes aos antibióticos. A nova descoberta pode explicar o porquê.

“Isso muda nosso entendimento porque significa que a resistência aos antibióticos não evoluiu nas clínicas através uso. A resistência é determinada geneticamente.

Cerca de 99,9 por cento de todos os antibióticos que usamos vêm de microrganismos, de bactérias e fungos. Estão constantemente atirando esses mísseis químicos uns contra os outros. Então, se você vai viver nesse ambiente que você tem que ter uma boa defesa. “

Tá. Eu vou ficar por aqui, fingindo que acredito, fazendo minha contagem regressiva pra essa desgraça sofrer uma mutação e exterminar 80% da população do planeta.

Caverna Lechuguilla, Novo México

Caverna Lechuguilla, no Novo México
crédito da foto: Dave Bunnell http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/02/Lechuguilla_Cave_Pearlsian_Gulf.jpg

Você também pode se interessar Mais do autor