100 Filmes De Terror, Ficção E Fantasia Para Ver Em 2015 Pt. III

0 169

Depois de um longo tempo de espera, finalmente aqui está a terceira parte com a nossa lista de filmes para vermos em 2015. O atraso se provou útil em alguns caso, já que tivemos tempo para confirmar a data de lançamento de algumas das produções que aqui estão, enquanto outras que também estavam programadas para esta parte, foram retiradas porque foram adiadas para o ano que vem, como é o caso do próximo filme Sexta-Feira 13.

Por outro lado, alguns filmes acabaram saindo antes da publicação dessa terceira parte e acredito que alguns deles já devam ter sido vistos por alguns de vocês. Mas independentemente disso, creio que temos boas opções aqui e espero que gostem.

a girl walks alone_poster_small41. A Girl Walks Alone At Night

Este conto de vampiros iraniano em preto e branco de Ana Lily Amirpour causou um certo reboliço nos festivais por onde passou e como resultado foi um dos (se não o) primeiros filmes a serem selecionados pela empresa especialmente voltada para filmes do gênero de Elijah Wood, SepctreVision. A Girl Walks Alone At Night também é considerado o primeiro western iraniano e está sendo descrito como “um alegre mash-up de gênero, arquétipo, e iconografia e suas influências englobam desde os westerns italianos, graphic novels, filmes de terror, e o New Wave iraniano”. O que isso quer dizer, só vendo para saber.

“Coisas estranhas estão acontecendo em Bad City. A cidade fantasma iraniana, lar de prostitutas, viciados, cafetões e outras almas sórdidas, é um bastião da depravação e desespero onde um vampiro persegue apenas seus habitantes mais desagradáveis. Mas quando o menino encontra a menina, uma história de amor incomum começa a florescer… vermelha de sangue.”

Dirigido por Ana Lily Amirpour, A Girl Walks Home Alone At Night é estrelado por Sheila Vand, Arash Marandi, Dominic Rains, Marshall Manesh, Mozhan Marno e Milad Eghbali.

Veja o Trailer

as fabulas negras_poster_small42. As Fábulas Negras

Em uma era dominada por antologias vindas de todos os cantos do planeta, por que nós também não teríamos a nossa? As Fábulas Negras reune segmentos de alguns dos principais nomes do horror no Brasil da atualidade, como: Rodrigo Aragão, Petter Baiestorf, Joel Caetano e o Zé do Caixão, José Mojica Marins. As histórias terão temáticas totalmente baseadas no folclore brasileiro. Como não é sempre que temos filmes nacionais do gênero para assistir então é sempre bom aproveitar a oportunidade.

“A antologia cinematográfica brasileira “As Fábulas Negras”, que promete reunir quatro importantes nomes do cinema de terror nacional, ganhou seu cartaz oficial, ao lado. A produção é de Rodrigo Aragão, conhecido pelo cultuado Mangue Negro. Ele mesmo dirige “Crônicas do Esgoto” e “A casa de Iara”; já Petter Baiestorf (“Zombio 2: Chimarrão Zombies”) vai cuidar de “Pampa Feroz”, um filme sobre a lenda do lobisomem, enquanto Joel Caetano (“Gato” e “Encosto”) será o responsável por uma versão terrível e assustadora de “A Loira do Banheiro”. O time fecha com uma adição de peso: José Mojica Marins, o Zé do Caixão, cuidará da história “O Saci”. Os efeitos especiais, ficam a cargo de Aragão, especialista nesta área.”

Ainda não temos uma data definida, mas a expectativa é que As Fábulas Negras seja lançado ainda em este ano.

Veja o Trailer

backcountry_poster_small43. Backcountry

Este ano temos algumas boas opções para os amantes de thrillers de sobrevivência na floresta e entre elas está Backcountry, estrelado por Eric Balfour, que muitos irão se lembrar do remake de O Massacre da Serra Elétrica de 2003, Jeff Roop e Missy Peregrym. O filme marca a estreia de Adam MacDonald na direção, que também assina o roteiro, inspirado em um evento real, no qual ele mesmo se viu frente a frente com um urso durante uma caminhada. E é exatamente este o tema do filme. Um casal que decide acampar e acaba sendo perseguido por um urso faminto. A idéia não é nova, mas o bagulho promete ser bem tenso.

“Baseado em uma história real, ‘Backcountry’ segue um casal urbano que vai acampar na selva canadense – onde a beleza inimaginável fica ao lado de nossos medos mais primitivos. Alex (Jeff Roop) é um aventureiro experiente enquanto Jenn (Missy Peregrym), uma advogada corporativa, não é. Depois de muito esforço para convencê-la, e contra o melhor de seus julgamento, ela concorda em deixá-lo levá-la ao Provincial Park, em um de seus lugares favoritos – o isolado Blackfoot Trail.

Em sua primeira noite, no meio da floresta, eles têm um encontro inquietante com Brad (Eric Balfour), um macho alfa estranho de olhos em Jenn, que pode ou não estar os seguindo. O desejo de Alex de chegar rapidamente a Blackfoot Trail só intensifica. Eles vão cada vez mais para dentro da floresta, Alex teimosamente insiste se lembra do caminho. Depois de três dias, o seu caminho desaparece; eles estão completamente perdidos. Sem comida ou água, eles lutam para encontrar seu caminho de volta, as duras condições aflorando o melhor e o pior dentro deles, empurrando a sua relação já frágil ao ponto de ruptura.

Quando eles percebem que entraram no território de um urso,estar perdido de repente se torna o menor dos seus problemas. Terror, horror, vontade e sobrevivência tornam-se fundamentais.”

a IFC Midnight lança Backcountry nos EUA em cinemas selecionados e em diversas plataformas VOD, no dia 20 de Março.

Veja o Trailer

exeter-backmask_poster_small44. Backmasck/Exeter

O povo aqui adora um filme de possessão demoníaca e Exeter, anteriormente conhecido como Backmask, é mais uma produção do gênero que em breve deve estar chegando por aí. O filme é de Marcus Nispel, mesmo diretor do remake de O Massacre da Serra Elétrica (2003) e conta a história de um grupo de jovens que resolve fazer um ritual quando tudo vai pro zinabre. A título de curiosidade, o termo backmask se refere à aquelas sinistríssimas mensagens gravadas em disco que só podem ser ouvidas quando ele é reproduzido de trás para frente. Exeter ainda não tem uma data de lançamento definida, mas já ganhou um trailer que confesso ter achado um tanto cômico demais. Além disso, o filme está há pelo menos uns três anos em produção, o que geralmente não é um bom sinal, mas o visual sombrio garante ao filme uma oportunidade.

“Durante uma festa cheia de sexo, drogas e rock n’roll, seis adolescentes de uma cidade pequena encontram um disco de vinil antigo e decidem tocá-lo ao contrário em busca de mensagens satânicas subliminares. Tiro e queda! um espírito maligno se infiltra no grupo causando destruição conforme passa de um corpo para outro. Porém, parece que o espírito em questão está tentando passar uma mensagem… e que a real fonte do terror não é necessariamente paranormal, mas algo ou alguém muito mais próximo de casa.”

O elenco traz Brittany Curran (The Uninvited), Gage Golightly, Stephen Lang (Avatar, Conan, O Bárbaro, ‘Terra Nova’), Kelly Blatz (A Morte Convida Para Dançar, From Within), Brett Dier, Nick Nicotera (Bitten), Nick Nordella (Greenberg) e Michael Ormsby (The Brothers Solomon).

Veja o Trailer

the-green-inferno_poster_small45. Canibais (The Green Inferno)

O que era pra ser um dos filmes mais aguardados de 2014, está no caminho para se tornar um dos filmes mais esperados da década. Canibais (The Green Inferno), o remake de Cannibal Holocaust de Eli Roth, chegou a ser divulgado pelo país mas uma questão administrativa envolvendo a empresa que financiou o projeto, fez com que o lançamento internacional fosse cancelado e, consequentemente, o nacional também.

“Até onde você iria por uma causa que você acredita? No novo filme aterrorizante do mestre do horror Eli Roth, um grupo de estudantes universitários leva seu protesto humanitário de Nova York até a selva amazônica e acaba sendo seqüestrado pela tribo nativa que justamente vieram salvar: uma tribo que ainda pratica o antigo rito do canibalismo e tem um salutar apetite por intrusos.”

Sendo bem honesto, na minha opinião, a não ser que você seja um fã do cinema de horror italiano das décadas de 70 e 80 para admirar as referências, eu sinceramente acho que este filme será um dos maiores flops da floresta. Não que eu ache que vá ser ruim, mas a expectativa gerada em cima dele é tão grande que eu imagino que muita gente irá se decepcionar ao se deparar com um filme regular. Independentemente disso. A curiosidade fala mais alto e nós continuamos esperando, já que segundo o próprio Eli Roth, o filme deve sair no segundo semestre.

Canibais tem a direção de Eli Roth que também assina o roteiro ao lado de Guillermo Amoedo. O elenco principal inclui Daryl Sabara (Spy Kids), Kirby Bliss Blanton (Projeto X), Lorenza Izzo (Aftershock), Ariel Levy (Aftershock), Aaron Burns, Magda Apanowicz (Caprica) e Sky Ferreira.

Veja o Trailer

clown_poster_small46. Clown

Clown surgiu através de um trailer de um filme falso que Jon Watts and Christopher D. Ford decidiram publicar no Youtube há alguns anos atrás. Só de brincadeira, os dois resolveram colocar o nome de Eli Roth no vídeo, para dar credibilidade ao vídeo. Obviamente a afronta chegou aos ouvidos de Roth que, em vez de dar um escândalo e mandar retirar seu nome do trailer, comprou a ideia e resolveu produzir o filme. Sendo bem honesto, assim por alto, esse é o maior trunfo de Clown, já que esta história por trás da produção merece mais destaque do que a trama em si, que, diga-se de passagem, é basicamente a mesma de uma das subtramas de Scary Or Die de 2012.

Clown conta a história de um pai que leva um bolo do palhaço que animaria a festa de aniversário de seu filho. Ele então decide substituir o furão e veste ele mesmo uma fantasia, sem saber que ela é amaldiçoada e que irá lhe causar uma transformação sinistra.

“É o 10º anversário de Jack, mas o palhaço cancelou. Seu pai, Kent, encontra uma velha roupa de palhaço no sótão e salva a festa. Mas depois que a festa termina, Kent tem um problema … a fantasia não quer sair. O que começa como uma brincadeira rapidamente se transforma em um pesadelo infernal. Kent pode sentir se transformando, e suas tentativas desesperadas para libertar-se o deixam em uma dor agonizante. Conforme a roupa toma conta de seu corpo, Kent enfrenta lentamente uma transformação brutal. Enquanto ele muda, uma fome incontrolável começa a consumí-lo, uma fome avassaladora e insaciável… pelas crianças.”

Dirigido por John Watts, Clown é estrelado por Andy Powers, Peter Stormare, Laura Allen e Elizabeth Whitmere. O filme já saiu na Itália e na Inglaterra e, se não me engano, já teve os direitos adquiridos para um lançamento nos Estados Unidos, porém continua sem data definida.

Veja o Trailer

cub-welp47. Cub (Welp)

Aí você e seus amigos vão acampar e chegando lá são perseguidos e mortos, um a um, por uma criança selvagem que vive na floresta. Essa é a interessante premissa de Cub do cineasta independente belga Jonas Govaerts, que já foi descrito como um tipo de Sexta-Feira 13 com crianças.

A produção só se tornou possível graças à uma campanha de financiamento coletivo bem sucedida no Indiegogo e a maior parte dos recursos arrecadados foi utilizado no desenvolvimento das armadilhas que o nosso garoto selvagem irá preparar. Somando tudo o que já foi mencionado – um filme independente, de um diretor desconhecido, vindo de um país sem grande tradição no gênero e que recorreu ao financiamento coletivo para a acontecer – fica fácil identificar que não é recomendável esperar uma obra prima do gênero. Mas com uma premissa dessas é bem difícil não ficar curioso para conferir essa história

“O jovem e imaginativo garoto de 12 anos de idade, Sam, Vai para o acampamento com o seu grupo de escoteiros. Na floresta, ele se depara com uma estranha casa na árvore e com uma criança selvagem mascarada. Quando seus líderes ignoram suas advertências sobre o garoto misterioso, Sam começa a se sentir cada vez mais isolado do bloco, e convencido de que um terrível destino espera por todos eles.”

No elenco: Evelien Bosmans, Stef Aerts, Jan Hammenecker, Titus De Voogdt e Maurice Luijten.

Veja o Trailer

dead_rising_watchtower_poster_small48. Dead Rising: Watchtower

Acho que vocês já estão cansados de saber que, na minha opinião, esse lance de zumbis já deu o que tinha que dar e atualmente a mentalidade vigente é inventar um ambiente absurdo para inserir mortos-vivos e transformar tudo numa verdadeira palhaçada. Se servir de consolo, adaptação de Zack Lipovsky para o game de zumbis da Capcom, Dead Rising: Watchtower , definitivamente não vai por esse caminho. O filme tem uma premissa que parece uma mistura de Resident Evil com Madrugada Dos Mortos e, como não jogo, não ousarei dizer que irá agradar os fãs do game.

Independentemente disso o filme tem um elenco interessante e vale a pena dar uma olhada.

“Dead Rising: Watchtower acontece durante uma praga zumbi em larga escala. Quando uma vacina obrigatória do governo não consegue impedir que a infecção se espalhe, os personagens devem evitar a contaminação e ao mesmo tempo buscar a raiz da epidemia, com todos os sinais apontando para uma conspiração do governo.”

O filme traz no elenco: Virginia Madsen, Jesse Metcalfe, Meghan Ory, Dennis Haysbert, Rob Riggle, Harley Morenstein, Keegan Connor Tracey, Aleks Paunovic e também contará com a participação das cineastas gêmeas Jen e Sylvia Soska.

Dead Rising: Watchtower estreia com exclusividade pelo Crackle no próximo dia 27 de Março de 2015 e posteriormente também será lançado em SVOD, DVD, VOD e na TV norte-americana.

Veja o Trailer

49. Knock Knock

Knock Knock é uma das produções mais badaladas pelos fãs do gênero, pois creio eu que todos querem saber no que vai dar este filme de Eli Roth, estrelado por Keanu Reeves. Segundo consta, durante o Sundance Festival em Janeiro, os direitos de distribuição foram adquiridos por pela Lionsgate pela bagatela de US$3 milhões. O que significa que a empresa está apostando alto neste aqui.

“Evan Webber está vivendo um sonho. Só é preciso olhar para sua bela mulher, suas crianças maravilhosas e sua esplêndida casa – que ele mesmo arquitetou. As coisas estão indo tão bem e Evan nem se importa em passar o dia dos pais sozinho enquanto o resto da família viaja para um fim de semana na praia. Mas alguém bate na porta… Duas mulheres jovens na entrada de sua casa são o início do pesadelo do arquiteto.

Levando em consideração a merecida reputação de Eli Roth por criar desconforto em seus filmes, não surpreende o que acontece em seguida: As coisas ficam estranhas e então ficam tenebrosas, e aí muito, muito e muito tenebrosas. Mas isso não é um filme sanguinolento, então Roth mantem o terror em um bom nível e psicológico enquanto a vida de Evan se destrói, pedaço por pedaço.”

Knock Knock é dirigido por Roth que também assina o roteiro ao lado de Nicolas Lopez e de Guillermo Amoedo. Além de Keanu Reeves o elenco também conta com as presenças de Lorenza Izzo, Ana de Armas, Aaron Burns, Ignacia Allamand e Colleen Camp.

Veja o Trailer

50. Krampus

Filmes de terror natalino são raros, então sempre quando uma produção com o tema desponta no horizonte, ela imediatamente entra em nossa listinha de filmes que devemos conferir. Ainda mais se vier do diretor responsável por Contos Do Dia Das Bruxas, Michael Dougherty, que este ano retorna com Krampus, uma aseado na lendária criatura natalina que pune os malcriados no Natal.

Ainda não temos uma sinopse oficial, nem um trailer, mas produção recentemente adicionou alguns nomes ao elenco, incluindo: Adam Scott (Piranha, 2010), Toni Collette (O Sexto Sentido), Stefania Owen (“Carrie Diaries”) e David Koechner (Cheap Thrills), Emjay Anthony (Chef) e Allison Tolman (“Fargo”) e vai contar a história de de uma família que se vê sob ataque do Krampus.

As filmagens já começaram e a produção já tem data marcada para estrear lá fora, no dia 4 de Dezembro.

lost_river__poster_small51. Lost River

Este suspense/fantasia marca a estreia do ator Ryan Gosling na direção e não agradou muito aos críticos durante o Sundance Festival do ano passado. Mas, embora as avaliações não tenham sido muito generosas com a produção, a Warner Bros. resolveu apostar no longa adquirindo os direitos de distribuição do filme. Particularmente eu não sei o que esperar deste e a ideia me parece meio viagem. Mas como a curiosidade é maior, creio que merece uma oportunidade.

“O filme vai misturar elementos de fantasia e suspense para criar um conto de fadas moderno situado em uma cidade em ruínas. Hendricks será Billy, uma mãe solteira que é atraída a um mundo macabro, enquanto seu filho de dez anos descobre uma estrada secreta para um mundo submerso.”

O elenco também é muito bom e conta com: Christina Hendricks, Saoirse Ronan, Eva Mendes, Iain De Caestecker, Matt Smith e Barbara Steele.

Lost River chega ao cinemas norte-americanos e em Digital HD no dia 10 de Abril.

Veja o Trailer

52. Maggie

O filme de zumbis com Arnold Schwarzenegger! Talvez o cara tenha demorado um pouco demais para entrar nesse nicho, mas pelo menos o cara tem a desculpa de ter passado um tempo como governador da Califórnia em pleno boom zumbi. Além disso, tudo no filme indica que Maggie será bem mais dramático do que eu posso tolerar. Mas ainda assim, é um filme de zumbis com Arnold Schwarzenegger.

“O filme detalha a história de uma garota de 16 anos de idade, de uma pequena cidade americana chamada Maggie, que é infectada por um zumbi, mas continua a viver com a sua família enquanto suportando a lenta transformação em um dos mortos-vivos.”

Maggie marca a estréia na direção do designer de efeitos especiais Henry Hobson e elenco também conta com Abigail Breslin e Joely Richardson.

A Lionsgate lança Maggie nos Estados Unidos no dia 8 de Maio de 2015.

Veja o Trailer

nightlight_poster_small53. Nightlight

Como vocês já sabem, eu não sou muito fã de found footages, mas se depender do trailer de Nightlight eu tô dentro. O filme conta a história de um grupo de amigos que se embrenham no meio da floresta para fazer joguinhos com lanternas e acabam vítimas de uma entidade demoníaca. Aparentemente o filme terá um ritmo bem intenso, mas em se tratando de um filme de fita encontrada é bom ter cuidado com isso. Ainda assim, tem toda a pinta de que será uma ótima opção para os fãs do gênero.

“Durante anos, a floresta de Covington foi envolta em mistério, com um passado sombrio onde fora o destino final para jovens problemáticos. Sem se deixar abater pela notícia de um colega que recentemente tirou sua vida naquela floresta, cinco adolescentes viajam para a floresta para uma noite de jogos de lanterna e histórias de fantasmas. Mas seus planos dão errado quando os amigos despertam uma presença demoníaca, um mal invisível que vai aproveitar de seus medos mais profundos e mergulhá-los em um pesadelo de terror absoluto.”

Nightlight é escrito e dirigido por Scott Beck e Bryan Woods. O elenco inclui Shelby Young, Chloe Bridges, Carter Jenkins, Mitch Hewer e Taylor Murphy.

O filme de terror found footage sobrenatural sai em VOD nos Estados Unidos no dia 27 de Março.

Veja o Trailer

pride-and-prejudice-and-zombies_poster_small54. Pride and Prejudice And Zombies

Mais um filme que parece estar em produção há milênios é a adaptação da paródia zumbi de Seth Grahame-Smith para o romance Orgulho e Preconceito (Pride And Prejudice) de Jane Austen, Pride and Prejudice And Zombies, que chegou a ganha uma graphic novel em 2010.

A produção anda bem sumida desde o final do ano passado, mas depois de nos cozinhar desde 2009, a última informação que tivemos era a de que as gravações já haviam começado e, até onde sabemos, elas já terminaram. Sendo assim, existe uma grande probabilidade deste filme sair até o final deste ano. Mas é bom ficar de sobreaviso que tudo nessa produção caminha a passos de mortos-vivos.

“Conhecida como “a estranha praga”, e suas infelizes vítimas são referidas apenas como “não-mencionáveis” ou “dreadfuls.” Por toda a Inglaterra, os mortos estão se erguendo novamente, e agora até mesmo as filhas das melhores famílias da Grã-Bretanha devem dedicar suas vidas para dominar as artes mortais. Elizabeth Bennet é uma temível guerreira cuja habilidade com a espada é igualada apenas por seu raciocínio rápido e língua ainda mais afiada. Mas ela enfrenta um adversário ainda mais formidável no arrogante, vaidoso, e de alguma forma estranhamente atraente Sr. Darcy. Conforme os dois amantes se encontram no salão e no campo de batalha, eles logo descobrem que nada – nem um bando de ninjas, hordas de zumbis comedores de carne, ou a desaprovação de suas tias – podem parar um amor verdadeiro.”

A produção britânica tem a direção de Burr Steers e traz no seu elenco uma penca de nomes bem conhecidos. Entre eles: Lena Headey, Charles Dance, Lily James, Sam Riley, Bella Heathcoate, Jack Huston, Douglas Booth, Matt Smith, Ellie Bamber, Millie Bradie e Suki Waterhouse.

Até o presente momento não temos um trailer, nem uma data de lançamento.

55. Scouts vs. Zombies

2015 definitivamente será o ano das comédias de zumbis e a aposta da Paramount é nos mostrar o que acontecerá quando um grupo de escoteiros é obrigado a lidar com uma epidemia zumbi. A produção é mais uma que parece ter se perdido no meio da floresta e não manda notícias desde o final do ano passado.

Para falar a verdade, não sabemos muita coisa a respeito deste filme, além do fato de que a Paramount teve sérios problemas para determinar uma data de estreia para a comédia. Scouts vs. Zombies chegou a estar agendado para o dia 13 de Março, até ser adinatado para o dia 20 de Fevereiro. Mas em algum momento o estúdio percebeu que não ia dar e empurrou a estreia para dia 30 de Outubro. Data esta que permanece até então.

“O filme acompanha um grupo de escoteiros que deve usar suas habilidades para lutar contra perigosos zumbis depois que a sua pequena cidade torna-se infectada de repente.”

Scouts Vs. Zombies é estrelado por Sarah Dumont, David Koechner, como o líder dos escoteiros, Cloris Leachman, Halston Sage e Patrick Schwarzenegger, filho do Arnoldão.

A produção não divulgou nenhum material até o presente momento.

tales of halloween _poster_small56. Tales Of Halloween

Taí uma produção que deu o ar da graça há pouco tempo atrás e desde então vem despertando cada vez mais o interesse de todos. Tales Of Halloween é uma antologia de horror com segmentos totalmente inspirados no Halloween. Os primeiros vídeos liberados são impressionantes e o filme já entrou na lista de obrigatórios de 2015.

O projeto envolve um grupo autodenominado como The October Society, composto por onze diretores que nos contarão 10 histórias interligadas entre si, passadas no Dia das Bruxas em um subúrbio americano, onde fantasmas, demônios, alienígenas e assassinos aparecem apenas por uma noite para aterrorizar os moradores desavisados.

Os diretores envolvidos são: Adam Gierasch, Neil Marshall, Axelle Carolyn, Paul Solet, Mike Mendez, Ryan Schifrin, Andrew Kasch e John Skipp, Darren Lynn Bousman, Dave Parker e Lucky McKee.

Já o elenco contará com nomes como: John Landis (Um Lobisomem Americano em Londres), Joe Dante (The Howling – Grito De Horror, Gremlins) e Barry Bostwick (Rocky Horror Picture Show), Pat Healy (Hotel Da Morte, Cheap Thrills), Alex Essoe (Starry Eyes), Booboo Stewart (A Saga Crepúsculo), Keir Gilchrist (A Corrente Do Mal), Noah Segan (Looper), Pollyannna McIntosh (The Woman), James Duval (Donnie Darko), Kristina Klebe (Halloween), Marc Senter (The Devil’s Carnival), Jose Pablo Cantillo (The Walking Dead), Grace Phipps (Dark Summer), Sam Witwer (Being Human), Graham Skipper (Almost Human), Lin Shaye (Sobrenatural) e Greg Grunberg (Heroes). Mick Garris, Stuart Gordon, Adrienne Barbeau e Adam Green também fazem pequenas aparições

Veja os Vídeos

the diabolical_poster_small57. The Diabolical

Ali Larter está de volta ao gênero em The Diabolical. O filme tem uma história bem genérica de casa mal assombrada e não convém esperar muita coisa, mas, ao mesmo tempo, fica a esperança de que a mesmice do enredo obrigue os produtores a fazer algo de diferente. Outro ponto de alerta é que ainda não vimos muita coisa do filme a não ser um pôster liberado há quase um ano atrás e algumas imagens. O que pode ser um sinal de uma demora na fase de pós-produção. Mas como a previsão de lançamento é só no segundo semestre, esse atraso é normal.

“The Diabolical segue Madison e seus filhos em sua casa no subúrbio tranquilo quando são despertados à noite por uma presença cada vez mais estranha e intensa. Madison procura desesperadamente a ajuda de seu namorado cientista Nikolai, que começa uma caçada para destruir o espírito violento que os especialistas paranormais estão com muito medo de enfrentar.”

O filme marca a estréia de Alistair Legrand na direção, que também co-assina o roteiro ao lado de Luke Harvis. Patrick Fischler (“Mad Men”), Arjun Gupta (“Nurse Jackie”), Merrin Dungey (“Betrayal”) e Joe Egender (“American Horror Story: Asylum”) completam o elenco.

the-drownsman_poster_small58. The Drownsman

The Drownsman promete trazer de volta os bons e velhos maníacos sobrenaturais bem comuns na década de 80, que nos anos 2000 acabaram sendo substituídos por assassinos mais dentro de uma realidade que ao meu ver só serve para torná-los mais fracos e limitar as suas possibilidades. O filme é da mesma equipe responsável pelo horror independente Antisocial, que causou um certo frisson nos festivais internacionais, mas que não foi muito bem recebido pelo público brasileiro, creio eu, muito pela qualidade da produção.

“Depois de quase se afogar em um lago, Madison encontra-se ligada a uma vida de medo. Impossível descrever o que aconteceu com ela durante os momentos que ela esteve debaixo d’água, Madison começa a desenvolver hidrofobia: um medo anormal de água. Incapacitada pelo seu pós trauma, Madison tenta isolar o mundo ao seu redor, mas seu medo se intensifica quando ela começa a ser assombrada pela visão de uma figura do mal.

Depois de assistir a sua luta por mais de um ano, quatro amigos de Madison preparam uma intervenção em uma tentativa desesperada para ajudar. Ao fazê-lo, eles acidentalmente abrem uma comporta para um lugar escuro, onde nenhum deles estará seguro. Conforme Madison e seus amigos mergulham fundo na história negra do mal que os assombra, eles são arrastados, um a um, para um lugar horrível de onde nunca poderão voltar.”

Chad Archibald dirige e assina o roteiro ao lado de Cody Calahan. No elenco: Michelle Mylett, Caroline Korycki, Gemma Bird Matheson, Sydney Kondruss, Clare Bastable e Ry Barrett como o próprio ‘The Drownsman

The Drownsman já era pra ter saído há um bom tempo, mas só agora ganhou uma data de lançamento oficial no dia 12 de Maio.

Veja o Trailer

hallow_poster_small59. The Hallow

The Hallow já foi chamado de vários outros títulos antes de receber este pelo qual o conhecemos agora e é inspirado em um bando de criaturas extraídas do folclore irlandês. A idéia parece ser bem interessante, embora não possamos dizer que seja original e eu estou esperando um coisa na mesma linha de Gremlins só que totalmente desprovido de humor. O filme é dirigido por Corin Hardy que já anda chamando atenção de estúdios maiores, então é um nome a se ficar de olho. Além disso o filme terá a presença de Joseph Mawle de Game Of Thrones e de Bojana Novakovic de Demônio (2010), que apesar de não serem atores de primeira linha, dão maior credibilidade à produção.

“Fortes pressões econômicas obrigam Adam Hitchens, um conservacionista baseado em Londres, a fazer um trabalho de pesquisa em uma floresta irlandesa. Ele espera que a mudança para uma casa de moinho em meio a paisagem idílica seja uma lufada de ar fresco para a sua esposa Clare, seu bebê Finn e seu cão Iggy.

Entretanto, nem todo mundo aprova a sua chegada. Um agricultor com fortes crenças na tradição e no folclore local o adverte do perigo, se Adam não parar de incomodar a antiga florestas sagrada com seus testes e avaliações. Quando algo ou alguém invade a casa à noite, com a evidente intenção de prejudicar o seu filho, o preocupado casal acredita que os moradores estão dando um passo adiante, com a intenção de afastá-los.

Mas, depois que a polícia não é capaz de capturar os intrusos, os eventos tomam um rumo para o inexplicável e para o terrível quando a casa fica sob ataque. Isolado no meio do nada e cercado pela escuridão, Adam e Clare devem lutar para proteger seu filho e a si mesmos e sobreviver à invasão de terríveis seres cruéis que emergem das profundezas dos bosques sagrados ao redor de sua pequena propriedade.”

Tudo o que temos no momento é um clipe liberado no final do ano passado e apesar de não mostrar muita coisa, vale a pena dar uma olhada.

Veja o Clipe

the pyramid_poster_small60. The Pyramid

Um filme que saiu lá fora no ano passado e ganhou um certo destaque na mídia foi The Pyramid, uma produção do renomado diretor francês Alex Aja e que marca a estreia na direção de seu companheiro de longa data Gregory Levasseur. O filme é basicamente um found footage que diz não ser um found footage, nem um mockumentary, então nem ele sabe bem o que é. Mas como por aqui muita gente se amarra no estilo, pode ser uma boa pedida. The Pyramid promete ser tenso e cheio de ação e merece uma chance.

“As antigas maravilhas do mundo têm por muito tempo amaldiçoado os exploradores que se atreveram a revelar seus segredos. Mas uma equipe de arqueólogos norte-americanos recebe mais do que esperava quando descobre uma pirâmide perdida diferente de qualquer outra no deserto egípcio. Conforme eles desvendam os segredos terríveis enterrados ali dentro, eles percebem que não estão apenas presos, eles estão sendo caçados.”

O elenco conta com Ashley Hinshaw, Denis O’Hare, James Buckley e Daniel Amerman.

O filme saiu nos cinemas norte-americanos no dia 5 de Dezembro e só há pouco ganhou uma versão em home-video lá fora.

Veja o Trailer

Aí estão mais vintes filmes para ver em 2015. Se você por acaso já viu algum destes sinta-se a vontade para dividir conosco a sua opinião. Enquanto isso, já poss adiantar que a Parte iV está praticamente pronta e nã deve demorar tanto a sair. Então, fique ligado

Você também pode se interessar Mais do autor